A Única Livraria Que Você Tem De Visitar Nestas 8 Cidades

Foto cortesia de Celine, via Flickr

Quer você prefira títulos mais populares como "Garota Exemplar" ou tenha predileção pelas reflexões profundas de Dostoiévski, não há nada melhor do que se perder em uma livraria. O cheiro inconfundível dos livros, o ambiente tranquilo de concentração silenciosa e a oportuna fuga para uma cultura analógica em uma era digital continuam a fazer da livraria um espaço nobre. Então que melhor maneira de relaxar e se conectar com uma nova cidade do que uma paradinha em uma livraria muito especial? De Paris e Buenos Aires a Londres e Los Angeles, reunimos algumas das livrarias mais fantásticas do mundo. Faça a peregrinação literária definitiva e veja qual é A livraria que você deve visitar nessas oito cidades. 

Daunt Books, em Londres

Foto cortesia de Wolfb1958, via Flickr

Com as livrarias físicas cada vez mais raras, lugares como a Daunt Books, em Londres, nos dão a esperança de que pelos menos as verdadeiras joias podem durar para sempre. O que começou como um antiquário, em 1910, se transformou na Daunt Books em 1990, e seus atuais proprietários mantêm as instalações eduardianas quase do mesmo jeito como eram originalmente. O salão principal se divide em galerias e seus vitrais e sacadas de carvalho fazem dela um destino obrigatório para todos os viajantes bibliófilos que estejam visitando Londres. Aqui você pode encontrar uma coleção infinita de guias, mapas, livros de idiomas e muito mais. A livraria ainda possui inúmeros livros de ficção, biografias e muitos outros exemplares imperdíveis.

Dica de hotel:

El Ateneo Grand Splendid em Buenos Aires

Foto cortesia de Jorge Lascar, via Flickr

Grandiosa e esplêndida no nome e por natureza, a El Ateneo Grand Splendid em Buenos Aires é parte mega livraria, parte joia arquitetônica. Datando de 1919, o prédio, que originalmente era um teatro, reside em uma cidade que possui mais livrarias por habitante do que qualquer outra no mundo. Transformado em livraria em 2000 ele atrai mais de um milhão de visitantes anualmente. Basta uma olhada nos afrescos originais no teto, nos camarotes e bancadas do teatro e nas cortinas vermelhas do palco para entender o porquê.

Dica de hotel:

Shakespeare and Company, em Paris

Foto cortesia de esartee, via Flickr

O Shakespeare and Company, em Paris, não apenas possui uma seleção impecável de livros novos e usados espalhados pelo seu interior caótico que lembra uma gruta, como também possui camas entre as estantes. Estima-se que 30.000 pessoas já dormiram nessas camas da livraria (elas são oferecidas a artistas e escritores, em troca de uma mãozinha no estabelecimento). E mesmo se você não precisar de um lugar para repousar, sugerimos que você visite essa instituição da Rive Gauche, que foi inaugurada em 1951 pelo americano George Whitman para comercializar a literatura inglesa.

Dica de hotel:

The Last Bookstore, em Los Angeles

Foto cortesia de Scott Garner, via Flickr

Com mais e mais livrarias fechando em todo o mundo, a The Last Bookstore (Última Livraria), em Los Angeles, possui um nome apropriado. Ela até reforça sua alcunha com o slogan ‘o que você está esperando? Não ficaremos aqui para sempre’. Independentemente disso ser ou não verdade, a maior livraria de livros novos e usados e loja de discos da Califórnia permanece firme e forte. Localizado em uma antiga agência bancária, as características físicas do estabelecimento (pense em colunas de mármore e portas imensas) são tão atraentes quanto os milhares de livros que ocupam o seu interior.

Dica de hotel:

Libreria Acqua Alta, em Veneza

Foto cortesia de Anne Jacko, via Flickr

Você pode achar que a Libreria Acqua Alta, livraria cujo nome remete à maré alta e às inundações cada vez mais comuns em Veneza, é o refúgio perfeito para quando a cidade estiver coberta por 30 centímetros de água. Infelizmente, a livraria também sofre com as inundações, e é por isso que você vai encontrar um gôndola em tamanho real dentro desse extravagante prédio. Construído com uma série de salas interconectadas, este estabelecimento único dá para o canal. Venha pela vista deslumbrante, quer você seja um amante dos livros ou não.

Dica de hotel:

Livraria Lello, no Porto

Foto cortesia de Guillen Perez, via Flickr

Inaugurada em 1906, a Livraria Lello tem tanta história quanto o seu célebre interior. Além das paredes repletas de livros que ocupam a livraria mais famosa do Porto, a escadaria caracol de madeira é a estrela dessa estrutura neogótica. Se isso não for incentivo o bastante para visitar a livraria, talvez isso seja: JK Rowling morou no Porto no início da década de 1990 e há rumores que a escadaria da livraria foi a inspiração para a escadaria de Hogwarts. 

Dica de hotel:

Bart’s Books, em Ojai

Foto cortesia de David Nestor, via Flickr

A história da Bart's Books teve início quando a coleção de livros do seu proprietário, Richard Bartinsdale, cresceu tanto que ele teve de colocá-los a venda na rua. Desde então, o espaço cresceu e ela se tornou a maior livraria ao ar livre dos Estados Unidos. Atualmente, há limoeiros entre os livros e a luz do sol brilha enquanto você escolhe o que vai levar. Ah, e ela ainda adota o mesmo sistema para vendas fora do horário comercial. Apesar de não estar localizada na cidade, ela fica a apenas uma hora e meia de carro de Los Angeles — e vale a viagem.

Dica de hotel:

El Pendulo, na Cidade do México

Quin Comendant, via Flickr

De todas as livrarias da Cidade do México, certifique-se de parar na El Pendulo, no bairro de Polanco. Nesse estabelecimento de vários andares, as estantes são pilhas enormes de livros, com plantas crescendo entre elas. Além disso, o ar-condicionado ameniza o clima, a presença de plantas coloridas é relaxante e os livros — que contam até com uma pequena seção em inglês — podem mantê-lo absorto no café dentro da livraria por mais tempo do que o planejado.   

Dica de hotel:

Histórias Relacionadas:

Curta-nos no Facebook! Nós faremos seu dia melhor com belas fotos